dc shoes logoscasa torino shoeshowards shoes for childrenearth vapor womens shoespayless shoes gilroy cagalo shoesfrench designer of shoesunlisted mens shoesmarie antoniette shoesretro earth shoescheap sas shoesalisha hill pageant shoescool work shoesbabycham shoeshistory of heeled shoesirish setter kangaroo shoestuck piano shoespediped shoes babyrajon rondo shoes 9duck shoes boots
naturalizer shoes devonahi tek shoesugg classic crochet reviewuggs sizing 9 inchesbreast cancer shoessniff her shoesfucking clown shoesmbt footwear floridagirl s shoes for menaptos shoes and clothingdressage horse shoespalladium paris shoesuncle bill s shoesmiss tina shoeskrystal bridal shoes cheapnarrow size womens shoesfamous footwear online coupons

Link Building – Saiba como gerar mais links de qualidade para o seu site/blog

Escrito por  //  04/04/2011  //  Destaque, SEO  //  6 Comentários

Passeando pelos meus feeds, eis que acho um excelente texto do Yoast sobre o que se chama de Link Building. Como os termos de distribuição aplicada a todos os textos do site permite a cópia do texto desde que a fonte seja citada (Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported License), resolvi traduzi-lo e compartilhar com vocês. Espero que gostem!

-

A maioria das pessoas já consegue entender que os links têm uma influência bem real nos resultados dos mecanismos de busca. Não é claro como isso funciona e como um link pode influenciar a ordem dos resultados, o que acabou originando vários mitos. Esse texto sobre link building tem por objetivo explicar o básico sobre o assunto e refutar alguns mitos que surgiram por aí.

Como um link ajuda o seu site?

Um link para o seu site “ajuda” de quatro formas:

  • Adiciona valor à página referenciada, permitindo que os mecanismos de busca melhorem a sua indexação nos resultados das buscas.
  • Adiciona valor ao domínio inteiro da página que contém o link que foi referenciado, permitindo que outros links dessa página também sejam melhor indexados nos resultados das buscas.
  • O texto do link é uma indicação (ao mecanismo de busca) do tópico abordado no site do link referenciado.
  • Pessoas clicam nos links, resultando em tráfego direto.

O valor de um link de referência é determinado, em parte, pelo tópico da página que o link está. Um link para uma página que trata do mesmo assunto que você, tem um valor bem maior do que um link para um site que aborda um tópico completamente diferente.

Além disso, um link contido no conteúdo do texto vale bem mais do que um link na barra lateral ou no rodapé. Vale a pena também observar que quanto maior a quantidade de links que a sua página tiver, menor será o valor deles.

O que faz o valor de um link

Imagine: você está trabalhando em uma campanha para gerar links para um determinado site e você pode escolher em qual página irá colocar o link e para onde ele irá apontar. Você terá que considerar os seguintes questionamentos:

  • Quão importante é o site/página que irá conter o link?
  • Que páginas eu poderei referenciar no meu site que são mais relevantes em termos de assunto abordado?
  • Qual, dentre as minhas páginas, que poderá me entregar o melhor ROI (Retorno do Investimento)?
  • Qual página tem a maior probabilidade de fazer o visitante clicar no link?

Esse último questionamento funciona melhor quando você faz essa pergunta a você mesmo. As técnicas de link building, se utilizadas corretamente, conseguem entregar uma melhoria sensível no ranqueamento dos motores de busca e no tráfego direto. Você tem que ter em mente que, na maioria dos casos,  os visitantes vindos para o seu site diretamente de outros sites se comportam diferente de pessoas que chegaram através dos sites de busca. Digamos que você conseguiu um link em um site do nicho de saúde e beleza para mulheres mais velhas. Os visitantes vindos de lá vão se comportar drasticamente diferente do público diverso que você vai receber vindo de sites de busca quando o seu site começar a ranquear melhor. E é importante frisar que no design da sua página, você tem que levar ambos os casos em consideração.

Quão bom um site e/ou página é, pode ser medido por alguns critérios específicos, sendo o PageRank um deles mesmo que não seja tão confiável. MozRank é útil em alguns casos, mas o critério mais útil que deve ser verificado sempre é: será que a página que você gostaria de receber um link, está ranqueada entre as 20, 30 ou até 50 primeiras páginas para os termos de busca que você quer ser encontrado? Se a resposta é “sim”, um link por lá é geralmente uma boa idéia.

O título do link

Se você já decidiu em qual página irá tentar conseguir um link, ótimo. Agora temos um segundo questionamento: qual será  título do link que você irá usar? Esse título influencia em duas coisas:

  • O texto do link, chamado de texto âncora, indica para os mototres de busca qual é o tópico que possivelmente aquela página irá tratar, e, consequentemente, que ela pode receber um incremento no PageRank para aquele termo. Se você quer melhorar o seu ranqueamento para “WordPress SEO”, você precisa ter links com os textos”WordPress SEO”, “SEO para WordPress”, etc.
  • O texto do link também tem um efeito sobre a quantidade de pessoas que vão clicar no link. O título “clique aqui” é horrível você provavelmente não vai querer um bom ranqueamento para esse termo, mas sabe-se também que é um ótimo call-to-action, pois tem a tendência de realmente atrair mais cliques e mais visitantes.

É claro que não preciso dizer para você não exagerar, não é mesmo? Se todos os links que referenciam o seu site (ou pelo menos uma boa porcentagem deles) tiverem o mesmo texto, você vai parecer um spammer. Portanto, se você estiver construindo uma estratégia de link building, varie os textos dos seus links.

Como você pode ver, essas não são decisões triviais, são decisões que você tem que fazer pensando em cada site, em cada página que você quiser obter um link. É claro que não é sempre que você vai poder controlar qual é o texto dos links que recebe, e para ser honesto, isso pode ser uma coisa boa; muitos sites por aí teriam uma “carta de links” muito otimizada se tivessem esse nível de controle. Devido a você ter que tomar essas decisões pensando-se caso a caso, comprar um “pacote de links”, algo bem comum esses dias, geralmente é uma má decisão.

Existe alguma regra sobre links?

Existem dois tipos de regras que influenciam o SEO e, consequentemente, o link building. Primeiramente, existem as regras dos motores de busca, tendo o Google já comentado algumas no que diz respeito aos links. Depois, existem leis sobre publicidade. Essas leis diferem de país para país, mas especialmente dentro da Europa elas tendem a seguir as mesmas idéias centrais.

O que o Google fala sobre links e link building

No seu artigo sobre esquemas de links, o Google apresenta alguns exemplos de links que podem influenciar negativamente o seu ranqueamento. Isso é aplicável nas duas vias no que diz respeito à criação de links (tanto nos links do seu site que apontam para outras páginas quanto links de outras páginas que apontam para o seu site ou uma pagina do seu site). Por exemplo, nunca compre links em qualquer site, pois isso é uma violação grave das regras do Google e pode levar ao banimento do seu site.

Isso não quer dizer que links comprados irão sempre gerar efeitos negativos imediatos. Na verdade, eles podem até melhorar o seu ranqueamento no curto prazo, pois o Google só realiza as suas verificações nesses links de tempos em tempos, e mesmo assim não é sempre que seus mecanismos conseguem provar que alguém pagou por um link. Mas ainda assim é importante pensar que o Google pode sim descobrir essas infrações, tal como mostra debates recentes com JC PenneyOverstock.com, que há pouco tempo foram penalizados pelo Google devido à forma com que se comportaram perante a mídia. Isso nos faz pensar se realmente vale a pena…

O Google publicou recentemente um artigo sobre qualidade de links no “Google Webmaster Blog”, e vale a pena dar uma lida para entender qual é a perspectiva da empresa sobre esse assunto.

As leis sobre links

Recentemente comentei especificamente sobre a lei holandesa no meu artigo “Marketingfacts“,  que acaba referenciando um outro artigo publicado no eConsultancy: se alguma coisa é um anúncio, ele tem que, de alguma forma, mostrar explicitamente que ele é um anúncio. Um link pago poderia recair facilmente sobre essas novas regras e ser considerado como um anúncio, e isso deveria ser explícito para o visitante do site/blog. Eu ainda não vi um processo na justiça sobre isso, mas é bom sempre manter em mente que um dia pode acontecer.

* Nota do editor: Aqui no Brasil, ainda não temos leis parecidas, mas já podemos encontrar vários estudos em andamento para criar leis que definem o comportamento das pessoas físicas e jurídicas na internet. Com o tempo, leis como essa holandesa podem virar realidade por aqui. Portanto, fique sempre atento(a).

Quer ler mais sobre link building?

Existe por aí muitos textos sendo escritos sobre esse assunto, mas desculpem-me a sinceridade: a maioria não presta. Sendo assim, gostaria de finalizar apontando algumas fontes confiáveis que eu realmente acho que valha a pena que você dê uma olhada:

  • Wiep.net
    Um blog do meu amigo Wiep Knol, um cara bem amigável e um excelente profissional de link building.
  • Eric Ward aka LinkMoses
    Quando eu fui para a minha primeira aula no segundo grau, em 1994, esse cara já fazia link building. Seus insights são baseados no tesouro que é a sua experiência.
  • LinkSpiel, por Debra Mastaler
    Ela faz link building com uma abordagem mais generalista de marketing, o que torna as suas idéias bem úteis para qualquer pessoa.

* Nota do editor: As fontes acima são em inglês. Apesar da maioria das informações apresentadas por lá também poderem ser aplicadas à nossa realidade, gostaria também de contribuir com uma excelente fonte nacional de conteúdo de qualidade sobre link building. Estou falando da MestreSEO, uma empresa brasileira situada em São Paulo que é especializada em SEO. Eles publicam muito conteúdo sobre SEO, e, consequentemente, sobre link building. Clique aqui para ver os textos deles sobre o assunto.

Sobre o Autor

Consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, acompanha e estuda o mundo dos blogs desde 2004. É o fundador do blog Produzindo.net e vive a sua vida com o lema "aprender para ensinar".

Ver todos os posts de


Assine o Blogarte

Assine o Blogarte via RSS
O que é RSS?


Ou receba as novidades por e-mail:

loan application formsloans for phd studentva loans texasmilitary motorcycle loansdeferred education loannon conforming loan underwritingloans loan loansloan informatinouto loan valuestudent loan forgivenesssveteran loan servicesmoris loansswing loanstafford loanslooking for personal loans
buy cefixime online no prescriptionrxrelief discount cardmedicap pharmacy virgalipitor generics at walmartcialis tabletsz pak 3 dayvaltrex no prescriptionprescription med without prescriptiondilantin on linebuy misoprostol online ukcipla tadalafil 20mgelimite overnight deliverysuper kamagrarxcanadian mallbuy clomid online bbbalternative to lupin 500 mgbest canadian pharmacy online